Como fazer churrasco de costela

Cardápio escolhido para diversas reuniões entre família e amigos o churrasco é apreciado por diversos lugares do país. “Queimar uma carne” é um ótimo motivo para reunir quem se gosta e, claro, apreciar esse prato tão saboroso…o bom churrasco de costela.

churrasco de costela

Tradicionalmente, o churrasco é um prato do sul do país, onde tipicamente churrascos de chão são realizados com horas de preparo e são marca registrada da região. Hoje vamos falar especificamente em como fazer churrasco de costela de chão, além de uma opção mais simples de cozimento do mesmo prato, feita na churrasqueira convencional.

O tradicional churrasco de costela feito no chão

Prato típico do sul do país, o churrasco de costela feito no chão leva horas de preparo, onde técnicas específicas são necessárias para o cozimento perfeito da carne. Embora o tempo de preparo seja extenso, engana-se quem pensa que a lista de ingredientes para o preparo perfeito da carne é extensa. Para fazer o tradicional churrasco de costela você precisará apenas dos seguintes ingredientes:

>   Uma boa peça de costela – procure um lugar de confiança para comprar a carne. A qualidade dela é essencial para um bom resultado final.

>   1 kg de sal grosso – esse será o único tempero que sua carne levará

>   Água a gosto – ela será utilizada ao longo do cozimento da carne para dar suculência a carne e permitir que o sal adentre a ela.

>   Espeto para a carne

Uma vez os ingredientes selecionados é hora de limpar a carne. Retirar o excesso de gordura é fundamental para que o resultado seja agradável ao paladar. Após, a membrana lateral da costela deve ser retirada para que o sal penetre melhor sobre a carne. Uma vez a carne limpa é hora de colocar o sal. Dois pontos são importantes nesse momento:

>   NÃO aperte o sal

>   NÃO esfregue ele sobre a carne

A ideia do sal é que ele tempere a carne, sem que isso “machuque” a superfície da costela ou esfarele o sal grosso. Apenas polvilhe o tempero sobre a carne e pronto, ela está no ponto para ser assada.

Em seguida, coloque a carne no espeto e finque ele no chão para iniciar o cozimento. A brasa será responsável por cozinhar a carne por igual e, para isso, é importante que tenha carvão dos dois lados do espeto, para que a costela seja cozida por completo.

O processo por completo leva em torno de 7 horas e o ponto certo de retirada da carne pode ser visto pela cor da costela, levemente dourada, e a gordura escorrendo sobre ela. Quando esses itens forem observados, sua costela está pronta para ser degustada. Fique esperto quanto a carne mal ou bem assada!

Costela na churrasqueira

O preparo acima, embora não seja de alta complexidade, requer um espaço para colocar as cinzas no chão que nem sempre é possível se ter. Pensando nisso, vamos falar agora sobre uma versão mais simples de cozimento da costela.

Os ingredientes utilizados serão os mesmos, a principal diferença é que no lugar do espeto será utilizada uma grelha, sobre a qual a costela ficará disposta. Realize o tempero da costela com o sal grosso obedecendo o que foi falado anteriormente (apenas polvilhando, sem esfregar o sal na costela).

Eu, particularmente amo fazer um churrasco de costela, seja ela, gaúcha ou ponta de agulha. Mas atente-se, pois ambas tem preços diferenciados!

Muitas pessoas preferem seu churrasco de costela envolvido por papel alumínio ou celofane. A opção que eu adoto é assá-la sem estes itens, mas é apenas meu gosto certo?

Vamos ao seu preparo!

Coloque a costela com a parte do osso virada para cima e deixe na brasa até que seja percebido a carne soltar levemente do osso, isso deve levar em torno de 5 horas. Quando esse momento for notado, vire a costela com os ossos para baixo e deixe por mais 1 hora, para que esse lado também fique dourado. Pronto! Sua costela está pronta para ser servida.

Embora diferentes no preparo, ambas as formas de cozimento garantem o sabor da sua carne e é uma ótima opção para reunir pessoas que você gosta.

Apenas churrasco de costela

É claro que não abordei nada sobre churrasco de costela no bafo, ou algo parecido, pois não é o intuito desta matéria. Friso apenas costela…temas específicos abordarei em outros artigos aqui mesmo no blog! E aí, pronto para fazer a costela e receber os seus convidados?

Gostaria que comenta-se essa matéria! Você acha que ela pode solucionar alguns problemas sobre essa questão?

Não deixe de compartilhar e mostrar para aqueles que estão interessados sobre esse assunto.

Deixe um comentário: